The Book Zine Radio

Tecnologia do Blogger.

Coffee T-Shirts camisetas personalizadas

Coffee T-Shirts camisetas personalizadas
Na compra de sua camiseta, mencione o The Book e ganhe uma cópia impressa do zine

Postagens populares

Twitter Updates

Blogger news

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Review: SubExistência - Do Kaos à Utopia

It is something usual to think about punk rock as a musically limited genre, with no much possibility of innovation. And indeed, most bands do not seem to put the effort into emphasizing their sound, which end up resulting in  pleasant surprises when we have something like this album by the veteran SubExistência, one of the punk bands with more activity time in Brazil. The album is the band's manner to celebrate its 25 years of (sub?)existence, bringing up a mix of old and new songs, such as Ódio na direção certa and Adaptado.
The sound is, as mentioned above, a traditional punk rock/hardcore, influenced by the likes of Clash, Cólera and Dead Kennedys (a clear influence of Jello Biafra can be perceived in the vocals of tracks as Explorado e Explorador), but the band manages to avoid repetitiveness with the use of elements extraneous to the style, such as harmonica, scratches and brasses.
A great idea for punk rock enthusiasts willing to hear something that deviates from the commonplace.

Resenha: SubExistência - Do Kaos à Utopia

Normalmente pensa-se no punk rock como um estilo musicalmente limitado, sem muita possibilidade de inovação. E de fato, a maioria das bandas não aparenta se esforçar em enfatizar seu som, o que resulta em surpresas agradáveis, quanto pegamos algo como este álbum do veterano SubExistência, uma das bandas punk com maior tempo de atividade no Brasil. O álbum é a forma da banda comemorar seus 25 anos de (sub?)existência, trazendo uma mescla de composições antigas com sons novos, como Ódio na direção certa e Adaptado.
O som é, como mencionado acima, um punk rock/hardcore tradicional, aos moldes de nomes como Clash, Cólera e Dead Kennedys (percebe-se claramente uma influência de Jello Biafra no vocal em faixas como Explorado e Explorador), mas a banda trata de evitar a mesmice com o uso de elementos "alienígenas" ao estilo, como gaitas, scratches e metais.
Ótima pedida para fãs de punk rock dispostos a ouvir algo que saia um pouco do lugar comum.