The Book Zine Radio

Tecnologia do Blogger.

Coffee T-Shirts camisetas personalizadas

Coffee T-Shirts camisetas personalizadas
Na compra de sua camiseta, mencione o The Book e ganhe uma cópia impressa do zine

Postagens populares

Twitter Updates

Blogger news

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Resenha de shows: Leather Faces

Leather Faces detonando
O supostamente agonizante metal brasileiro
Nesse último sábado, 12 de novembro, tive a grata oportunidade de ver a banda Leather Face apresentar-se gratuitamente no vão livre do MASP, e tive uma experiência além da esperada! Me surpreendi e muito ao ver a qualidade da instalação de som montada ao ar livre e quase que no improviso pela banda! Duas guitarras com efeitos distintos e claramente fáceis de distinguir entre uma e outra, vocal bem audível, sem ser sufocado pelo som elétrico e bateria com o som que não se perdia, apesar de estarmos em um lugar aberto! Não vejo essa qualidade na maioria dos shows em lugares fechados (ou seja, ambiente controlado)! Ponto pra banda! E, claro, nada disso seria grande coisa se o som não fosse à altura, né? Mas foi. A banda começou sem demora, já emendando os dois sons, a extremamente energética Leather Face e Stand up and Rise (com o infalível refrão pra multidão gritar junto). O som da banda é um metal tradicionalzão, estilo Saxon/Judas Priest, com um pé fincado no power metal dos anos 80 (um pouco de Accept, Rage...). Destaque para a sensação de ver um show de metal que conseguiu recuperar um pouco da sensação de som underground, para os excluídos, pois além dos montes de headbangers assistindo, havia vários moradores de rua que obviamente não eram fãs de metal, mas ficava visível em seus rostos e suas reações a alegria de estarem por parte de um evento cultural sem serem enxotados e escorraçados. Pois é... Um show em um local aberto, juntando uma pequena multidão e com uma baita qualidade de som. E tem gente que diz que o metal brasileiro está morrendo...

3 comentários:

coffeeboy disse...

morrendo a conta bancária dos maisntream de merda

Heder disse...

Que morra e não fará falta alguma!

The Lord Of The Metal disse...

Lamento HEDER, pelo seu comentário que diz não fará falta.
Realmente não fará mesmo, pois o Heavy metal nacional está eternizado, não só pelo Leather Faces, mas por infinito numero de bandas do otima qualidade e para sua tristeza "HEDER", sempre, em algum lugar, por mais distante que possam imaginar, sempre haverá um Headbanger a tocar ou a ouvir um bom Heavy Metal.
O Rock, O Heavy Metal é eterno. Ao contrário das modinhas que surgem e como fumaça... Desaparecem sem deixar vestígios.
Não somos vestigios. Somos a realidade contida na mais pura essencia.
É ótimo saber que ainda existem pessoas como você. Que adoraria que o Rock tivesse um fim... Isto cada dia mais nos fortalece...
Heavy Metal. Heavy Metal.... Heavy Metal \m/.
Lord