The Book Zine Radio

Tecnologia do Blogger.

Coffee T-Shirts camisetas personalizadas

Coffee T-Shirts camisetas personalizadas
Na compra de sua camiseta, mencione o The Book e ganhe uma cópia impressa do zine

Postagens populares

Twitter Updates

Blogger news

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Resenha: Huaska - Samba de Preto

Saudações, povo! E cá estamos com mais um trabalho criativo na cena nacional. Trata-se de "Samba de preto", terceiro álbum da banda paulistana Huaska, que pratica um som que eles mesmos definem como "Bossa Metal". O resultado alcançado pelo grupo é legal, soa original (e não mais um clone genérico do Sepultura do "Roots"), com alta qualidade. As letras são bem poéticas, combinam muito bem com o estilo "banquinho e violão", mas eu senti um pouco de falta de influência metal/rock propriamente dita. O que percebemos aqui são guitarras pesadas entrando no meio da música mas ainda mantendo a composição no estilo samba/bossa, como fica claro no cover para "Chega de Saudade", que soou bem conservadora, até. Mas o importante é que a banda consegue trazer algo com identidade própria, justamente em um estilo em que a maioria do pessoal já seria inclinada a torcer o nariz por associar com os já mencionados clones do Sepultura. Ah, sim, e não podemos deixar de mencionar: ÓTIMA ideia chamar a veterana Elza Soares para dividir vocais na faixa-título! De fato, se a tal influência metal que eu senti falta estivesse mais presente, talvez eu arriscasse uma comparação do vocal de Elza com os de Lemmy, do Motorhead. Talvez.

1 comentários:

coffeeboy disse...

Boa!! Mas é capaz de rolar com Andre Matos = p uhauhuahuh